• Editorial Ethics and Malpractice Statement

    English

    VIBRANT – Virtual Brazilian Anthropology was created by the Brazilian Association of Anthropology with the purpose of disseminating Brazilian anthropology beyond the frontiers of the Portuguese language. It publishes articles and audiovisuals of anthropologists linked to Brazilian institutions in English, French and Spanish, in order to promote a greater transnational exchange of ideas and to increase the diversity of anthropological production worldwide.

     

    Ethics and Malpractice Statement

    Researchers, authors, editors and evaluators apply norms of conduct that define the ethical integrity of scientific activities. In order to do so, it is recommended to read the following basic guidelines documents for the integrity of the scientific activity and publications:

    About conflicts of interests: in relation to ad hoc consultants, conflicts of interests are considered to be the existence of any political, religious, relational, or other factors that might compromise the ability of the ad hoc consultant to render an objective judgment, favorably or unfavorably affecting the impartial treatment of articles submitted review. As for the authors, the journal considers a conflict of interests the existence of financial and/or professional dependence that could compromise the objective production of research results, as well as their interpretation. In both cases, it will be for the Editorial Board to decide whether a case is a conflict of interest.

     

    Anti Plagiarism Policy

    Before being sent in pairs, articles submitted to the journal will be verified by software for identification of plagiarism. The authors must guarantee the originality of the manuscripts and, if they use articles of other authors, they must be cited. Practicing plagiarism in all its forms is an inadmissible editorial behavior. In this way, it is possible that the authors receive some questions during the process of evaluation of the work submitted, referring to indications indicated by the software used. If plagiarism is really proven, the author (s) involved will no longer be able to submit articles to the journal.
    The journal uses software (Copia e Cola) to evaluate the content of plagiarism of submitted works.

    Português

    Posicionamento Editorial sobre Ética e sobre Práticas Editoriais

    A VIBRANT – Virtual Brazilian Anthropology foi criada pela Associação Brasileira de Antropologia com o propósito de disseminar a antropologia brasileira para além das fronteiras da língua portuguesa. Publica artigos e audiovisuais de antropólogos vinculados a instituições brasileiras em inglês, francês e espanhol, de modo a promover um maior intercâmbio transnacional de ideias e ampliar a diversidade da produção antropológica no cenário mundial.

     

    Ética e Práticas Editoriais

    Aos pesquisadores, autores, editores e avaliadores aplicam-se normas de conduta que definem a integridade ética das atividades científicas. Para tanto, recomenda-se aos mesmos a leitura dos seguintes documentos de diretrizes básicas para a integridade da atividade científica e publicações:

    Sobre conflito de interesses: em relação aos consultores ad hoc, são considerados conflitos de interesse a existência de quaisquer fatores de índole política, religiosa, relacional ou outro que possa vir a comprometer a capacidade do mesmo de emitir juízo objetivo, afetando favorável ou desfavoravelmente o tratamento imparcial dos artigos submetidos a sua revisão. Quanto aos autores, a revista considera conflito de interesses a existência de dependência financeira e/ou profissional que possa comprometer a produção objetiva de resultados de investigação, bem como sua interpretação. Em ambos os casos, caberá à comissão editorial decidir se um caso configura propriamente conflito de interesses.

     

    Política Anti-Plágio

    Antes de serem enviados aos pares, os artigos submetidos à revista serão verificados por softwares para identificação de plágio. Os autores devem garantir a originalidade dos manuscritos e, caso utilizem artigos de outros autores, que sejam devidamente citados. Praticar plágio em todas as suas formas é um comportamento editorial inadmissível. Desta forma, é possível que os autores recebam eventuais questionamentos durante o processo de avaliação do trabalho submetido, referente a indicações apontadas pelos softwares utilizados. Caso o plágio seja realmente comprovado, o(s) autore(s) envolvidos não poderão mais submeter artigos para a revista.
    A revista utiliza software (Copia e Cola) para avaliação quanto ao teor de plágio dos trabalhos submetidos.