• Editorial Policies and Instructions for authors

    English

    The principal aim of the Brazilian Anthropological Association’s Vibrant – Virtual Brazilian Anthropology – is to disseminate Brazilian anthropology by publishing articles and audio visual materials in English, French and Spanish authored by anthropologists working or studying in Brazilian institutions.
    The periodical was launched in 2004 and is a publication with quarterly periodicity, published in the months of April, August and December, available in digital version.
    Its abbreviated title is Vibrant, Virtual Braz. Anthr., which should be used in bibliographies, footnotes and bibliographical references and strips.
    Vibrant is evaluated by Qualis CAPES in the area of Anthropology and Archeology as A1.

     

    Digital preservation Policy

    The OJS – Open Journal Systems is compatible with the LOCKSS (Lots of Copies Keep Stuff Safe) system, used to ensure secure and permanent archiving of the journals cache. LOCKSS is free software developed by the Stanford University Library, which allows you to preserve online journals by archiving their contents. Each file is continuously validated against copies of other libraries. If the content is corrupted or lost, the copies are used for restoration.

     

    Open Access Statement

    Vibrant is a open access jornal.
    All content of the journal, except where identified, is licensed under a Creative Commons attribution-type CC-BY (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.en)
    Under attribution-type CC-BY You are free to:

    • Share — copy and redistribute the material in any medium or format;
    • Adapt — remix, transform, and build upon the material for any purpose, even commercially;
    • The licensor cannot revoke these freedoms as long as you follow the license terms.

    Under the following terms:

    • Attribution — You must give appropriate credit, provide a link to the license, and indicate if changes were made. You may do so in any reasonable manner, but not in any way that suggests the licensor endorses you or your use;
    • No additional restrictions — You may not apply legal terms or technological measures that legally restrict others from doing anything the license permits.

     

    Privacy policy

    The names and e-mail addresses on this site will be used exclusively for the purposes of the journal and are not available for other purposes.

     

    Fee publication charges policy

    Vibrant do not charge authors an article processing charge (APCs – Article Processing Charges / Article Submission Charges).

     

    Review policy

    The articles are sent to two ad hoc reviewers for qualitative analysis of their form and content, according to the double blind review process. The ideal average time to prepare the evaluation is 21 days. When the evaluation is received, it is sent to the author of the article, to give knowledge of its content and, if appropriate, to make the suggested modifications. The average term between submission of the work and its publication is 24 weeks.
    The final evaluation is the responsibility of the General Editor, with the support of the Editorial Board when necessary.

     

    Section Policies

    As VIBRANT aims to disseminate anthropology made in Brazil, it only accepts works produced by anthropologists working in Brazilian institutions or linked to them during the period of production of the proposed work.
    VIBRANT accepts the following types of contributions:

    • Unpublished articles;
    • Bibliographic Essays;
    • Thematic dossiers with unpublished articles (see the orientation for the organization of dossiers below);
    • Translations into English, French or Spanish of classic articles of Brazilian anthropology that will be part of the Déjà Lu section;
    • Audiovisuals.

    The relevance of the article or audiovisual production for publication will be evaluated by the Editorial Board (regarding the suitability to the profile and editorial line) and ad hoc with regard to the content and quality of contributions), according to the Peer Review Policy (see “About the Journal”). The evaluators will not have access to the evaluated article’s authorship during the double blind peer review).
    The texts can be submitted in Portuguese, as well as audiovisual production, but must be subtitled in English, French or Spanish. If approved for publication, the author will be responsible for its translation into one of the three languages, using the translators suggested by Vibrant (see “Editorial Team - Translation and Proofreading). Vibrant will only accept translations made by suggested translators on its page. In the event of having been written in a foreign language, the text must be submitted to one of the translators indicated by the journal for review purposes. In no case will be accepted translations made by other translators. We suggest authors seek funding from their institutions and research sources for the translation of texts, since Vibrant does not have the resources for such purposes.

    [Section] Unpublished articles:
    VIBRANT will prioritize the publication of articles resulting from original research presenting empirical material, as well as essays and theoretical texts on clearly delimited issues.

    [Section] Bibliographic Essays:
    The bibliographic essays should focus on specific themes of the anthropological production carried out in Brazil within a given period of time, with special attention to theoretical concepts and paradigms.

    [Section] Thematic Dossiers:
    VIBRANT publishes thematic dossiers composed of at least 8 unpublished articles and an introductory article, which may be established in two ways:

    1. By an invitation from the Journal’s General Editor or the Board of Directors of the Brazilian Anthropology Association, or if the Editorial Board’s suggests that organizers prepare a number around a specific theme;
    2. By the proposition of a theme by one or more effective members of the Brazilian Association of Anthropology.

    In the second case, the General Editorial Board and the Editorial Board of the Journal will evaluate the proposal. In both cases, the dossier may be composed of an open call, published on the VIBRANT website and by the Brazilian Association of Anthropology, or by direct invitation from its organizers to the authors of the articles.
    In either case, articles intended to compose Thematic Dossiers should follow the same guidelines for the texts published in the Unpublished Articles section (ARTICLE 15-25), being submitted to the same systematic and evaluation criteria. The introductory texts cannot contain less than 5 pages of 1,400 characters.
    It will be the responsibility of the editors of the Thematic Dossiers to be responsible for all the follow-up of the flow of articles evaluated for their thematic dossier in the SciELO Submission System, for which they are registered in the system by the Editorial Team and receive the operating manual of SciELO. It is up to the Editorial Team to provide technical assistance to the editors of dossiers and to timely finalize the standard texts. It will also be the responsibility of the organizers of the Dossier to indicate and replace the reviewers, within the criteria endorsed by this journal and SciELO for each article that is part of its section.
    In the case of proposals for Thematic Dossiers that do not reach the minimum number of 8 (eight) articles and one more introductory text, its publication (or not) will be object of a decision of the General Editor and the Editorial Board. In the case of those that exceed the number of 12 (twelve) articles, the Thematic Dossier can be presented in two parts, in two numbers of VIBRANT.
    A Thematic Dossier can be combined with the publication of translations of classic Brazilian anthropology articles on the chosen theme. Such translations should appear in the Déjà Lu section, and appear in the same number, not forgetting that this important task does not count for the purpose of indexers such as SciELO.
    Due to the editorial deadlines to which VIBRANT is submitted, the articles and the introduction of a dossier to be published in April of one year, must be delivered fully approved, translated and with the translations revised and approved editorially by the journal’s General Editor, in early November of the previous year. Those intended for publication in August, must be delivered in early May of the same year. For publication in December, they should be delivered no later than the beginning of August.

    [Section] Déjà Lu:
    This section is intended for the publication of translations of articles considered to be classic and references consecrated in Brazilian anthropological production, as long as such texts haven’t been translated to English, French or Spanish yet. The General Editor, the VIBRANT Editorial Board, or the General Board of the Brazilian Anthropology Association may also suggest the translations of articles. The organizers of a Thematic Dossier may also suggest translated articles so that they come out in the same journal edition.
    In any case, the responsibility for the costs of translation will lie with the proponents of the text.
    The rights of the texts proposed for this section should be either in the public domain or have the explicit approval of the author or heirs.

    [Section] Audiovisuals:
    The section will publish photo essays, sound and visual files (small videos) that will also be submitted to the double-blind peer review system. The proponent must have the image rights to the material that he / she intends to publish.
    Video: MP4 – CODEC H264 low compression
    Audio: MP3 - from 128KBPS

     

    Form and preparation of manuscripts

    1. Article files will be attached through the Submission System and must be in .DOC, .RTF or compatible format;
    2. Articles must be typed in Times New Roman 12, with 1,5 line spacing and accompanied by an abstract containing between 100 and 150 words in the text’s original language;
    3. Articles should preferably have a maximum of 12,000 words (including references and attachments);
    4. The notes should come in the footer and cannot consist of simple bibliographical references. These should appear in the body of the text in the following format: author’s surname / space / year of publication: / space / pages), as the example: (Wagley 1977: 160-162);
    5. Articles must not have more than 4 authors;
    6. Authors must place in the line below their names only their academic affiliation: university, college and department, in this order. The names of the institutions and programs should be presented in full in both the language of the article and in English;
    7. The texts will be reviewed by the editorial committee, the editorial team and later submitted to the authors’ approval. The name of the translator (if any) should be placed at the end of the article, before bibliographic references;
    8. In the case of translations made by translators other than those indicated by Vibrant, the translations will be evaluated under the supervision of the General Editor of the journal and may be rejected, and in such case must be re-done and re-submitted;
    9. The authors must include abstracts of the text submitted in Portuguese, English, French and Spanish containing between 100 and 150 words, accompanied by four to six keywords, which must indicate the most relevant aspects of the text;
    10. The author’s correspondence address must be presented separately at the end of the article;
    11. The Bibliographical Essays must present the complete reference of the works analyzed, indicating the number of pages of each one;
    12. Audiovisual files must be sent via a web host provider in order to be submitted for assessment;
    13. Submitting a text or an audiovisual production imply transferring copyright and publishing rights to the journal;
    14. The images included in the articles (figures, maps, sketches and graphics) must be sent preferably in TIFF (uncompressed), PNG or JPEG format with resolution of at least 200 dpi in the final size intended for printing. Maximum width: 12 cm; maximum height: 16 cm (or 1417×1890 pixels);
    15. Authors are fully responsible for the information and opinions expressed in their texts;
    16. Bibliographical references are sorted alphabetically from the author’s surnames, and must be placed at the end of the text. They must respect the format shown in the following examples (attention must be paid to punctuation, spaces, use of italics and capitals):

    Book
    GLUCKMAN, Max. 1955. The Judicial Process Among the Barotse of Northern Rhodesia. Manchester: Manchester University Press.

    Collection
    WAGLEY, Charles. 1951. Races et classes dans le Brésil rural. Paris: UNESCO.

    Book Chapter
    FERNANDES, Florestan. 1976. “Aspectos da Educação na Sociedade Tupinambá”. In: E. Schaden (org.), Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo: Cia. Editora Nacional. pp. 63-86.

    Article in Journal
    FOSTER, George M. 1972. “The Anatomy of Envy: A Study in Symbolic Behavior”. Current Anthropology, 13(2): 165-169.

    Academic Thesis
    MASSART, Guy. 2002. Communication et postmodernité : Approche ethnographique de la pragmatique des identités en Afrique Lusophone (Iles du Cap-Ver.t et Mozambique). Thèse de Doutorat, École Normale Supérieure Lettres et Sciences Humaines – Lyon

    Bibliographical references follow the Chicago norm http://www.chicagomanualofstyle.org/tools_citationguide.html.

    Sending manuscripts – Online submission system

    Contributions must be sent through the online submission system of SciELO – Scientific Electronic Library Online.

    • If you are not registered in the SciELO system

    When accessing the website http://submission.scielo.br/index.php/vb/index, just click on “REGISTRATION”. If you prefer, click here. Fill in the information indicated, and check the “Author” option in “Register as”.

    • If you are already registered in the SciELO system

    Access the website address http://submission.scielo.br/index.php/vb/index, and just fill in your login and password information. The “User Page” will be displayed. To subscribe to VIBRANT, access the link
    http://submission.scielo.br/index.php/vb/user/ register?existingUser=1 or click here.

    Upon completing either of these two instructions, you may already submit contributions to VIBRANT. Just access the system, and click on “[New Submission]“.

    IMPORTANT: Please note to which section you want to make the submission. For separate articles, choose the “Articles” section. For dossiers, choose the “Section” item with the title of the dossier to which you want to submit the work. For “Bibliographic Essays” and for “Déjà Lu“, select the section with its respective name.

    Submission metadata must be complete.

    Authors’ ORCID information is indispensable, and can be obtained by registering at (https://orcid.org/).

    It is also essential to clarify the participation of each author in the elaboration of the article.

     

    Sponsors

    Vibrant receives funding from:

    Português

    Políticas Editoriais e Instruções aos autores

     

    A missão principal da Vibrant: Virtual Brazilian Anthropology – revista eletrônica da Associação Brasileira de Antropologia – consiste em divulgar a antropologia brasileira através da publicação de artigos e materiais audiovisuais em inglês, francês e espanhol, de autoria de antropólogos que se encontram trabalhando ou estudando em instituições brasileiras.

    A revista foi lançada em 2004 e atualmente é uma publicação com periodicidade quadrimestral, divulgada nos meses de abril, agosto e dezembro, disponível em versão digital.

    O título abreviado do periódico é Vibrant, Virtual Braz. Anthr., que deve ser usado em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.

    A Vibrant é avaliada pelo Qualis CAPES da área de Antropologia e Arqueologia como A1.

     

    Política de Preservação digital

    A plataforma OJS é compatível com o sistema LOCKSS (Lots of Copies Keep Stuff Safe – Muitas Cópias Mantém as Coisas Seguras), utilizado para assegurar arquivamento seguro e permanente do cache dos periódicos. LOCKSS é um software livre desenvolvido pela Biblioteca da Universidade de Stanford, que permite preservar periódicos online arquivando seus conteúdos. Cada arquivo é continuamente validado contra cópias de outras bibliotecas. Caso o conteúdo esteja corrompido ou perdido, as cópias são usadas para restauração.

     

    Política de acesso livre

    Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo.
    Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons de atribuição CC-BY (http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt)
    Segundo a licença você tem direito à:

    • Compartilhar — copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato;
    • Adaptar — remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial;
    • O licenciante não pode revogar estes direitos desde que você respeite os termos da licença.

    De acordo com os termos seguintes:

    • Atribuição — Você deve dar o crédito apropriado, prover um link para a licença e indicar se mudanças foram feitas. Você deve fazê-lo em qualquer circunstância razoável, mas de maneira alguma que sugira ao licenciante a apoiar você ou o seu uso;
    • Sem restrições adicionais — Você não pode aplicar termos jurídicos ou medidas de caráter tecnológico que restrinjam legalmente outros de fazerem algo que a licença permita.

     

    Política de privacidade

    Os nomes e endereços de e-mail neste site serão usados exclusivamente para os propósitos da revista, não estando disponíveis para outros fins.

     

    Política de gratuidade

    A VIBRANT não cobra custos de processamento ou publicação de artigos. (APCs – Article Processing Charges / Article Submission Charges).

     

    Política de avaliação por pares

    Os artigos são enviados para dois pareceristas ad hoc para análise qualitativa de sua forma e conteúdo, de acordo com o processo double blind review. O prazo médio ideal para elaborar a avaliação é de 21 dias. Quando a avaliação é recebida, ela é enviada ao autor do artigo, para dar conhecimento de seu conteúdo e, se for o caso, para serem feitas as modificações sugeridas. O prazo médio entre a submissão do trabalho e sua publicação é de 24 semanas.
    A avaliação final cabe à Editoria Geral, com o suporte do Conselho Editorial quando se fizer necessário.

     

    Políticas de seção

    Como a VIBRANT objetiva disseminar a antropologia feita no Brasil, só aceita trabalhos produzidos por antropólogos(as) atuantes em instituições brasileiras ou a elas vinculados(as) durante o período de produção do trabalho proposto.
    VIBRANT aceita os seguintes tipos de contribuições:

    • Artigos inéditos;
    • Ensaios Bibliográficos;
    • Dossiês temáticos com artigos inéditos (ver a orientação para organização de dossiês a seguir);
    • Traduções para o inglês, francês ou espanhol de artigos clássicos da antropologia brasileira que configurarão a seção Déjà Lu;
    • Audiovisuais.

    A pertinência do artigo ou da produção audiovisual para publicação será avaliada pelo Conselho Editorial (no que diz respeito à adequação ao perfil e à linha editorial da revista) e por pareceristas ad hoc no que diz respeito ao conteúdo e à qualidade das contribuições), segundo a Política de avaliação por pares (ver “Sobre a Revista”). Os avaliadores não terão acesso à autoria dos textos examinados (double blind peer review).
    Os textos podem ser submetidos em português, assim como a produção audiovisual devendo, no entanto, ser legendada para o inglês, francês ou espanhol. Caso aprovado para publicação, o(a) autor(a) se responsabilizará por sua tradução para uma das três línguas, utilizando-se dos/as tradutores/as sugeridos/as pela Vibrant (ver em “Editorial Team - Translation and Proofreading). Vibrant só aceitará traduções feitas por tradutores sugeridos em sua página. Na hipótese de ser escrito em língua estrangeira pelo(a) autor(a), o texto deverá ser submetido a um dos tradutores indicados pela revista para fins de revisão. Em nenhuma hipótese serão aceitas traduções feitas por outros tradutores. Sugerimos aos autores que busquem financiamento junto às suas instituições e fontes de pesquisa para a tradução dos textos, já que a Vibrant não conta com recursos para tais fins.

    [Seção] Artigos inéditos:
    VIBRANT priorizará a publicação de artigos resultantes de pesquisas originais, com a apresentação de material empírico, assim como textos de cunho ensaístico e teórico em torno de questões claramente delimitadas.

    [Seção] Ensaios Bibliográficos:
    Os ensaios bibliográficos deverão versar sobre temas específicos da produção antropológica realizada no Brasil dentro de um dado período de tempo, com especial atenção a conceitos e paradigmas teóricos.

    [Seção] Dossiês temáticos:
    VIBRANT publica Dossiês Temáticos compostos por no mínimo 8 artigos inéditos e um artigo introdutório, que podem ser estabelecidos de duas maneiras:

    1. a partir de um convite da Editoria Geral da revista, da Diretoria da Associação Brasileira de Antropologia, ou por sugestão do Conselho Editorial para que organizadores preparem um número em torno de um tema específico;
    2. pela proposição de um tema por um ou mais membros efetivos da Associação Brasileira de Antropologia.

    Na segunda hipótese, a proposição será avaliada pela Editoria Geral e pelo Conselho Editorial da Revista. Nas duas hipóteses, o dossiê poderá ser composto a partir de uma chamada aberta, divulgada na página web da VIBRANT e pelos meios de publicização da Associação Brasileira de Antropologia, ou por convite direto de seus organizadores aos autores dos artigos.
    Em qualquer uma das duas hipóteses, os artigos destinados a compor Dossiês Temáticos deverão seguir as mesmas orientações destinadas aos textos publicados na seção Artigos Inéditos (ARTIGO 15 A 25), submetendo-se exatamente à mesma sistemática e critérios de avaliação. Os textos de caráter introdutório não poderão contar com menos de 5 laudas de 1.400 caracteres .
    Caberá aos editores dos Dossiês Temáticos responsabilizarem-se por todo o acompanhamento do fluxo de artigos avaliados para o seu dossiê temático no Sistema SciELO de Submissão, sendo para tanto registrados no sistema pela Equipe Editorial e recebendo o manual de operação do SciELO. Cabe à Equipe Editorial prestar assistência técnica aos editores de dossiês e oportunamente finalizar os textos normalizados. Caberá, também, aos organizadores do Dossiê a indicação e a eventual substituição de pareceristas, dentro dos critérios endossados por esta revista e pelo SciELO para cada artigo componente de sua seção.
    No caso de proposições de Dossiês Temáticos que não atinjam o número mínimo de 8 (oito) artigos e mais um texto introdutório, sua publicação (ou não) será objeto de decisão da Editoria Geral e do Conselho Editorial. No caso daqueles que excedam o número de 12 (doze) artigos, o Dossiê Temático poderá ser apresentado em duas partes, em dois números da VIBRANT.
    Um Dossiê Temático poderá combinar-se com a publicação de traduções de artigos clássicos da antropologia brasileira sobre o tema escolhido. Tais traduções deverão constar da seção Déjà Lu, e figurar no mesmo número, sempre lembrando que esta importante tarefa não conta para fins de indexadores como o SciELO.
    Em função dos prazos editoriais a que a VIBRANT está submetida, os artigos e a introdução de um dossiê a ser publicado em abril de um ano, devem ser entregues plenamente aprovados, traduzidos e com as traduções revistas e aprovadas editorialmente pela Editoria Geral da revista, no início de novembro do ano anterior. Aqueles destinados à publicação em agosto, devem ser entregues em inícios de maio do mesmo ano. Para a publicação em dezembro, devem ser entregues no máximo até o início de agosto.

    [Seção] Déjà Lu:
    Tal seção destina-se à publicação de traduções de artigos considerados clássicos e referências consagradas na produção antropológica brasileira, quando tais textos ainda não contarem com uma tradução para o inglês, para o francês ou para o espanhol. As traduções de artigos também poderão ser sugeridas pela Editoria Geral, pelo Conselho Editorial da VIBRANT ou, ainda, pela Diretoria Geral da Associação Brasileira de Antropologia. Os artigos traduzidos também poderão ser sugeridos pelos organizadores de um Dossiê Temático para que saiam concomitantemente a ele.
    Em qualquer uma destas hipóteses, a responsabilidade pelos custos da tradução será dos proponentes do texto.
    Os direitos dos textos propostos para esta seção deverão ser ou de domínio público ou contar com a aprovação explícita de seu/sua autor/a ou herdeiros/as.

    [Seção] Audiovisuais:
    A seção publicará ensaios fotográficos, arquivos sonoros e visuais (pequenos vídeos) que serão igualmente submetidos ao sistema duplo cego de avaliação por pares. O/A proponente deverá contar com os direitos de imagem sobre o material que pretende publicar.
    Vídeo: MP4 – CODEC H264 baixa compressão
    Áudio: MP3 – a partir de 128KBPS

     

    Forma e preparação de manuscritos

    1. Os arquivos com os artigos serão anexados através do Sistema de Submissão e devem estar no formato .DOC, .RTF ou compatíveis;
    2. Os artigos devem ser digitados em Times New Roman 12, com espaçamento 1,5 e estarem acompanhados por um resumo contendo entre 100 e 150 palavras na língua em que o texto esteja escrito;
    3. Os artigos deverão ter, preferencialmente, no máximo 12 mil palavras (incluindo referências e anexos);
    4. As notas devem vir no rodapé não podendo consistir em simples referências bibliográficas. Estas devem aparecer no corpo do texto com o seguinte formato: sobrenome do autor /espaço/ ano de publicação: /espaço/ páginas), conforme o exemplo: (Wagley 1977: 160-162);
    5. Os artigos não devem ter mais de 4 autores(as);
    6. Os(as) autores(as) devem colocar na linha abaixo dos seus nomes somente sua filiação acadêmica: universidade, faculdade e departamento, nessa ordem. Os nomes das instituições e programas deverão ser apresentados por extenso, na língua do artigo e em inglês;
    7. Os textos serão revisados pelo comitê editorial, pela equipe editorial e posteriormente submetidos à aprovação dos autores. O nome do(a) tradutor(a) (se houver) deve ser colocado no final do artigo, antes da bibliografia;
    8. No caso de traduções feitas por outros tradutores que aqueles indicados por Vibrant, as traduções serão avaliadas sob a supervisão da Editoria Geral da revista e poderão ser recusadas, devendo assim ser refeitas e reapresentadas;
    9. Os(as) autores(as) devem incluir resumos do texto submetido em português, inglês, francês e espanhol contendo entre 100 e 150 palavras, acompanhados de quatro a seis palavras-chave, que apontem os aspectos mais relevantes;
    10. O endereço de correspondência do(a) autor(a) deve ser apresentado separadamente, no final do artigo;
    11. Os Ensaios Bibliográficos devem apresentar a referência completa das obras analisadas, sendo indicado o número de páginas de cada uma;
    12. Audiovisuais devem ser submetidos através de um provedor hospedeiro de internet de modo a poder ser submetido a avaliação;
    13. O envio de um texto ou de uma produção audiovisual implica a cessão de direitos autorais e de publicação à revista;
    14. As imagens que integrem os artigos (figuras, mapas, croquis e gráficos inclusive) devem ser enviadas preferencialmente no formato TIFF (sem compressão), PNG ou JPEG com resolução a partir de 200 dpi no tamanho final pretendido para a impressão. Largura máxima: 12 cm; altura máxima: 16 cm (ou 1417×1890 pixels);
    15. Os/As autores/as são inteiramente responsáveis pelas informações e opiniões expressas nos seus textos;
    16. A bibliografia em ordem alfabética de sobrenome deve vir ao final do texto, e respeitar o formato que aparece nos seguintes exemplos (pede-se atenção à pontuação, aos espaços, ao uso do itálico e de maiúscula):

    Livro
    GLUCKMAN, Max. 1955. The Judicial Process Among the Barotse of Northern Rhodesia. Manchester: Manchester University Press.

    Coletânia
    WAGLEY, Charles. 1951. Races et classes dans le Brésil rural. Paris: UNESCO.

    Capítulo de Livro
    FERNANDES, Florestan. 1976. “Aspectos da Educação na Sociedade Tupinambá”. In: E. Schaden (org.), Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo: Cia. Editora Nacional. pp. 63-86.

    Artigo em Periódico
    FOSTER, George M. 1972. “The Anatomy of Envy: A Study in Symbolic Behavior”. Current Anthropology, 13(2): 165-169.

    Tese Acadêmica
    MASSART, Guy. 2002. Communication et postmodernité : Approche ethnographique de la pragmatique des identités en Afrique Lusophone (Iles du Cap-Ver.t et Mozambique). Thèse de Doutorat, École Normale Supérieure Lettres et Sciences Humaines – Lyon

    As referências bibliográficas obedecem à norma Chicago (http://www.chicagomanualofstyle.org/tools_citationguide.html).

    Sistema de submissão online

    As contribuições devem ser enviadas através do sistema de submissão online da Scielo – Scientific Electronic Library Online.

    • Caso não esteja cadastrado no sistema Scielo

    Ao acessar o endereço http://submission.scielo.br/index.php/vb/index, basta clicar em “CADASTRO”. Se preferir, clique aqui. Preencha os dados indicados, sem deixar de marcar a opção “Autor” no item “Cadastrar como”.

    • Caso já esteja cadastrado no sistema Scielo

    Ao acessar o endereço http://submission.scielo.br/index.php/vb/index, basta preencher “login” e “senha”. Será apresentada a “Página do usuário”. Para cadastrar-se na VIBRANT, acessar o link
    http://submission.scielo.br/index.php/vb/user/ register?existingUser=1
    ou clique aqui.

    A partir de uma destas etapas, já poderá enviar contribuições à VIBRANT. Basta acessar o sistema, clicar em “[Nova submissão]”.

    IMPORTANTE: Observar para qual seção pretende fazer a submissão. Para artigos avulsos, escolher a seção “Artigos”. Para dossiês, escolher o item “Seção” com o título do dossiê ao qual quer submeter o trabalho. Para “Ensaios bibliográficos” – e para Déjà Lu, a seção homônima.

    Os metadados da submissão devem ser informados de forma completa.

    É indispensável a informação do ORCID dos autores que pode ser obtido mediante o registro em (https://orcid.org/), no caso daqueles que não o tenham.

    É igualmente indispensável explicitar a participação de cada autor na elaboração do artigo.

     

    Patrocinadores

    A publicação recebe financiamento de: